Review Evento Office 365 Day

Olá pessoal!

 

Na última quinta-feira tivemos o Office 365 Day na Microsoft em São Paulo.

 

É um evento organizado pelo time de MVPs de Office 365 e da Comunidade, foi a quarta versão do evento nos últimos anos, mas foi a primeira que pode palestras devido a agenda nos anteriores.

 

IMG_3568

 

Realizei 3 palestras (criarei um post para compartilhar o material de cada uma delas), juntos de outros MVPs e profissionais referências no mercado.

 

As palestras foram interessantíssimas e tivemos um público bem técnico e participativo, na minha opinião o evento foi excelente e resgatou um tema que estava meio em segundo plano (uma vez que o foco é todo em Azure) que são as enormes possibilidades com Office 365.

 

Espero que esse evento seja repetido outras diversas vezes e que eu possa estar em todos eles!

 

IMG_3451IMG_3452IMG_3529

 

Grande abraço.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Comparativo de features AWS e Azure

Olá pessoal.

Como a maioria sabe, tenho atuado muito com suporte e principalmente em dúvidas relacionadas a Azure.

 

E na principal atividade tem sido desenho de cenários, além de comparações de features e preços com as opções no mercado.

 

Um link muito útil e que vale a pena compartilhar é o abaixo:

http://www.tomsitpro.com/articles/azure-vs-aws-cloud-comparison,2-870-2.html

 

Nessa página há um post super útil que mostra cada feature do AWS – Amazon, e seu respectivo no Azure, com links atualizados para os recursos.

 

Para quem é arquiteto e precisa realizar comparações, é uma “mão na roda”.

 

Divirtam-se.

Grande abraço.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Você conhece o Azure Information Protection?

Um dos recursos que deve em breve estar disponível é o Azure Information Proctection, o plano é incluir essa feature dentro do EMS (ou do futuro do EMS que falarei em breve hehe).

 

Basicamente, o produto fornece segurança e controles adicionais para e-mails, documentos e dados sensíveis que você compartilha com usuários externos a sua corporação. Nele você cria facilmente rótulos com permissões definidas que reforça a proteção já existente, isso independentemente de onde o documento é armazenado ou com quem é compartilhado.

 

O time de marketing criou um SWAY em português explicando rapidamente do que se trata o Azure Information Proctection e tem um vídeo demonstrando na prática a usabilidade do produto (em inglês):

 

https://sway.com/KtDgdCkdQCeoSUSg

 

Mais informações no site:

 

https://www.microsoft.com/en-us/cloud-platform/azure-information-protection

 

clip_image002

 

Divirtam-se.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Futuro nas certificações em Azure – Participe

Quer colaborar e dizer o que pensa e como deveria ser as certificações Microsoft em produtos Azure? Estou falando dos exames 532, 533 e 534.

 

Foi lançado uma pesquisa curta, onde você pode opinar sobre como essas certificações devem prosseguir evoluindo, se deveria ser relacionado com determinados recursos dentro do Azure, ou se deveria ser baseado em workload.

 

É uma pesquisa simples e rápida (em inglês) e já participei.

 

http://microsoftlearning.co1.qualtrics.com/jfe/form/SV_72GwQB3qYqLQRHD

 

Mais detalhes em:

 

https://borntolearn.mslearn.net/b/weblog/posts/shape-the-future-of-microsoft-39-s-azure-certifications-by-taking-a-2-minute-survey

 

Grande abraço.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Azure AD Authentication disponível para Azure Databases.

Olá pessoal, uma feature que muitas pessoas esperavam passa a ficar disponível no Azure (em Disponibilidade Geral) que é a possibilidade de poder usar o SQL Azure e SQL DataWarehouse com autenticações do Azure Active Directory e não mais usando apenas logins SQL.

 

Esse recurso vai possibilitar e facilitar migrações principalmente de SQL em cenário on premise para uso no SQL Azure, pois muitos conceitos ainda eram limitados pela necessidade de autenticação, e antes isso tornava todo o desenho bem mais complexo.

 

Mais detalhes você pode ver no link abaixo:

 

https://azure.microsoft.com/en-us/blog/ga-for-azure-ad-authentication-in-sql-database-and-sql-data-warehouse/?wt.mc_id=AID520771_EML_4524657

 

Divirta-se.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Detalhes sobre storage no Azure – Saiba mais…

Olá pessoal.

 

É sabido principalmente para quem é de infraestrutura e está trabalhando com Azure, uma das principais dificuldades está relacionado a storage.

 

E isso é um dos itens que impacta diretamente em performance.

 

Segue abaixo um link com detalhes de cada modalidade de storage (e só nesse quesito temos 5 tipos), para que se destina, diferenças e preços (estimados)

 

https://azure.microsoft.com/en-us/pricing/details/storage/

 

Enfim, tudo que você precisa saber sobre storage no Azure.

Bom divertimento.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Limites no Azure – Você sabe quais são?

A dica do dia para hoje é: Limites no Azure.

 

Muita gente está se deparando agora com desenhos no Azure, principalmente no ponto de infraestrutura e me deparo com dúvidas sobre limites, quantidades e best pratices.

 

Tem um link (que uso bastante e segue abaixo) que explica nos detalhes sobre todos os limites no Azure, considerando todos os itens.

 

https://azure.microsoft.com/en-us/documentation/articles/azure-subscription-service-limits/

 

Boa leitura e bom estudo.

Abraços.

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

RemoteAPP não está mais no Azure :(

É pessoal, a notícia é essa mesmo. A Microsoft decidiu descontinuar a solução de RemoteApp no Azure.

Não ficou bem claro o real motivo, mas a solução era bem interessante, porém eu já desconfiava que tinha algo errado pelo grande tempo que ela ficou em “Preview Mode”.

 

Detalhes:

http://bit.ly/2bA0r0o

 

Me parece que por questões estratégicas (ou técnicas – vai saber né), a Microsoft decidiu remover o produto de disponibilidade imediata e recomendar para que clientes que precisem de publicação no modelo que estava sendo feito no Azure, use o XenExpress (da Citrix).

 

Isso mostra uma parceria estreita entre Microsoft e Citrix que devemos observar os aconteceres dos próximos capítulos:

 

https://blogs.technet.microsoft.com/enterprisemobility/2016/08/12/application-remoting-and-the-cloud/

 

Agora vamos focar no técnico:

* Se você tem aplicações publicadas no RemoteApp, terá 1 ano para migrar e já pode começar a planejar isso imediatamente. Novas aquisições já não são mais possíveis.

* Se você estava no meio de um desenho de cenário com RemoteApp, considere usar opções de terceiros (como o da Citrix por exemplo) ou usar cenários IAAS com RDS Session Host da maneira tradicional.

 

Segue um link que fala sobre arquitetura de RDS em IAAS no Azure que pode ajudar:

https://technet.microsoft.com/en-us/windows-server-docs/compute/remote-desktop-services/desktop-hosting-reference-architecture

 

Ponto Importante:

O licenciamento de RDS no Azure não é convencional. Você precisará licenciar o RDS em SPLA ou estender a sua licença para o Azure (mobility option) se tiver o SA.

Não é permitido a compra de RDS CAL da mesma maneira que em cenário on-premisse. Isso é muito importante.

 

Oremos rsrs…

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Default collection no SQL Azure – Você sabe qual é?

Hoje me questionaram qual é a default collection no SQL Azure Databases e sobre a possibilidade de usar uma não tradicional.

 

Bem a resposta é simples, mas pouca gente conhece, a Collection Default é a  SQL_Latin1_General_CP1_CI_AS porém você pode definir uma collection diferente quando você quiser seus objetos/queries.

 

Segue abaixo um arquivo explicativo sobre esse item:

https://azure.microsoft.com/en-us/blog/working-with-collations-in-sql-azure/

 

[]’s

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services

Conheça o ATP no Office 365 – Advanced Threat Protection

Segue abaixo o link que foi divulgado para parceiros sobre o ATP no Office, essa nova funcionalidade é bem legal e pode complementar ainda mais quem já tem a proteção do Exchange Online.

 

Proteção Avançada Contra Ameaças (ATP) do Microsoft Exchange Online é um serviço de filtragem de e-mails baseado na nuvem que ajuda a proteger sua organização contra vírus e malware desconhecidos, fornecendo proteção robusta de dia zero e inclui recursos para proteger sua organização contra links prejudiciais em tempo real. O ATP tem recursos avançados de geração de relatórios e rastreamento de URLs que fornecem informações aos administradores sobre os tipos de ataques que ocorrem na organização.

 

No link abaixo há uma breve descrição e um vídeo (em inglês) sobre uma das features do ATP:

https://docs.com/updates-2u/5506/office-365-advanced-threat-protection-atp?c=NDKxKV

 

Se quiser saber mais sobre o produto, veja o site (em português):

https://products.office.com/pt-BR/exchange/online-email-threat-protection?omkt=pt-BR

 

Descrição técnica:

https://technet.microsoft.com/pt-br/library/exchange-online-advanced-threat-protection-service-description.aspx

 

Álvaro Rezende

MVP Microsoft – Office Servers and Services